Aciaria Convencional

Onde tudo começa

A produção dos aços especiais da Villares Metals tem início na aciaria, local onde são realizados o processo de fusão (sucata e ferro-ligas) e o tratamento do aço líquido, que posteriormente é solidificado em formatos predefinidos. Durante esse período, alguns equipamentos são utilizados:

  • Forno Elétrico a Arco
  • Forno Panela
  • Tratamentos sob vácuo
  • Lingotamento Convencional
  • Lingotamento Contínuo

Forno Elétrico a Arco

Responsável pelo aquecimento e, consequentemente, fusão da carga metálica, seguido de tratamento do metal líquido e remoção de elementos indesejáveis, como o fósforo.


Top

Forno Panela

Onde é possível controlar a temperatura do metal líquido e, mediante injeção de gás inerte, propiciar a homogeneização térmica do metal e de todas as ligas de ferro, adicionadas para formular o aço desejado. Ao mesmo tempo ocorre o refino secundário, momento em que acontece a desoxidação e a dessulfuração.


Top

Tratamento a Vácuo

Utilizado para modificar as condições termodinâmicas e garantir o controle das reações químicas, evitando, por exemplo, a oxidação de alguns elementos e, consequentemente, aumentando o rendimento do processo. Essa etapa garante excelente homogeneidade química e térmica do metal líquido, deixando o aço pronto para ser lingotado, ou seja, vazado em moldes e solidificado.


Top

Lingotamento Convencional

Neste processo são utilizadas lingoteiras de ferro fundido, que servem de moldes para a solidificação do aço líquido. Quando o material é retirado, entra em ação o processamento a quente dos lingotes, mediante forjamento ou laminação.

Lingotamento Contínuo

 

Processo alternativo, que passa por um distribuidor (Tundish), seguido de um molde refrigerado a água (com sistema de rolos) e um sistema de ajuste e corte dos tarugos. Por último é realizado o corte do material em tamanho predeterminado e, então, a conformação a quente por meio da laminação.


Top
Todas Notícias