Forjamento

Forjamento a frio/morno

A Villares Metals produz uma completa gama de aços especiais de alta liga destinados às mais diversas aplicações, em uma série de segmentos industriais. Dentre os segmentos atendidos destacamos o de produção de peças forjadas em material metálico (aços de construção mecânica predominantemente ou outros materiais ferrosos e não ferrosos).

As chamadas forjarias produzem principalmente peças para as indústrias automotiva, leve e pesada, e também para outros diversos setores como cutelaria, instrumentos cirúrgico, e eletro-ferragens.

Os processos utilizados neste ramo da indústria podem variar quanto à temperatura utilizada para realizar a conformação das peças, sendo mais usual o forjamento a quente. Outra classificação de processo pode ser feita quanto ao tipo de equipamento utilizado para forjar. Uma primeira divisão se faz entre o uso de prensas ou martelos.

Estas duas classificações de processo são fundamentais para a correta escolha do aço ferramenta a ser empregado nas matrizes.

Cabe às matrizes o trabalho de deformação do material, ficando as mesmas submetidas a esforços mecânicos de considerável intensidade e exposição a temperaturas elevadas durante toda a operação, nos casos de processamento a quente. Desta maneira, são necessárias propriedades específicas ao material empregado na confecção das ferramentas de forma a evitar ou retardar danos como amassamentos, desgaste e trincas geradas por fadiga térmica ou mecânica.

Os aços ofertados pela Villares Metals para matrizes de forjamento encontram-se, portanto, classificados como aços ferramenta para trabalho a quente, aços ferramenta para trabalho a frio e até mesmo aços rápido convencional e sinterizado.

a) Estágio inicial  

      

b) Estágio Final  

Esquema ilustrativo de estágios de uma operação de forjamento. 


Matéria técnica sobre as propriedades fundamentais dos aços ferramenta para matrizes de forjamento.


Todas Notícias